Dia 19 de abril: Santo Expedito, rogai pela nossa conversão!

Conversão efetiva: uma causa urgente e necessária.

Nos momentos de urgência, na extrema necessidade de ajuda e proteção, é comum que os católicos confiem e peçam a intercessão de Santo Expedito.  Também padroeiro dos estudantes, militares e viajantes, lembrado no dia 19 de abril, este mártir tem muito a nos ensinar, principalmente pela veracidade e urgência com a qual ocorreu sua conversão total e verdadeira.

Expedito, que era comandante da XII Legião Romana, já havia tido seu primeiro contato com o Cristianismo durante suas andanças pelo Império e fronteiras. Embora tendo uma carreira militar vitoriosa, regrada e competente, o qual fracassava em sua vida espiritual, visto que tinha o vício de procrastinar, ou seja, deixar para depois, adiar o seguimento das ideias de Jesus com as quais ele tanto simpatizava, mas que não conseguia ter uma conversão fiel e total.

Coloquemos essa situação em nossas vidas... Quantos de nós não deixamos nossa conversão total para “amanhã”, adiamos nossas práticas espirituais, deixamos a inércia tomar conta dos nossos dias, sem lembrarmo-nos que estamos adiando o céu, pondo em risco nossa salvação, esquecendo do que é urgente e dando valor a coisas supérfluas, deixando que o prazer momentâneo e passageiro reine em nossas vidas.

Para a conversão de Santo Expedito, foi preciso que ele trocasse o amanhã pelo hoje. O depois pelo agora. Assim, o estopim dessa mudança ocorreu por meio da graça de Deus mediante um sonho. Nesse sonho, havia um corvo representante do espírito do mal, que grasnava com fortaleza e poder, diante dele, a palavra “cras”, do latim que significa amanhã. Entretanto, de súbito e com mais fortaleza e urgência ainda, Expedito pisoteou o corvo declamando: “hodie”, que significa hoje. Dessa forma, o qual acordou decidido a lutar pela sua conversão, conseguindo, também, converter muitos soldados da sua legião. Portanto, com a conversão do Comandante Expedito e da sua tropa, o imperador Diocleciano, que tinha o intuito de barrar a expansão rápida do cristianismo, por meio de perseguição, começou a perseguir o mártir e seus soldados convertidos. O Santo foi preso e sofreu vários castigos pela ordem do imperador. Ele foi forçado a renunciar à sua nova fé, ao permanecer firme até o fim, morreu sendo decapitado com espada. 

Também nós, ao aceitarmos a conversão definitiva, ao renunciarmos o mundo e todas as armadilhas do demônio, estamos sujeitos a inúmeras perseguições, tentações e momentos em que somos forçados a renunciar nossa fé. Seja em uma roda de amigos, no trabalho, na escola, faculdade, nos momentos em que devemos escolher entre Deus e o mundo, sustentar a fé ou render-se aos prazeres momentâneos, a verdade é que constantemente somos provados com o intuito de professarmos em quem verdadeiramente acreditamos e quais valores são cultivados, efetivamente, por nós.

Peçamos a Santo Expedito que nos ajude a decidirmos por uma conversão urgente e atual. Que, enquanto cristãos, jovens e estudantes, ele nos livre da procrastinação. Bem como, coloquemos nas mãos martirizadas dele, todas as nossas necessidades e urgências.

Santos Expedito, rogai por nós!


Gleice Kelly
18 anos, Católica, batizada, crismada, catequista e Integrante do Movimento TLC- Diocese de Palmeira dos Índios/AL;
Estudante de Ciências Farmacêuticas- UFAL.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.