Procissão da Ressureição de Jesus vira palco de "Fora Temer" e Transgêneros



As ruas da cidade de Ouro Preto foram palco de mais um sacrilégio realizado por aqueles que não cansam de materializar o Sagrado e colocam as suas ideologias e preferências partidárias acima das coisas de Deus.

Na procissão do Cristo Ressuscitado, além dos tradicionais símbolos da Igreja Católica, os tapetes de serragem tinham frases como "Fora Temer" e "Volta Querida". Foi colocado ainda o símbolo dos Transgêneros, afrontando completamente não apenas a Doutrina Católica, mas também todo o plano de Deus para a vivência de nossa sexualidade.

É claro que o indivíduo tem a liberdade CIVIL de possuir as suas preferências políticas, religiosas e até mesmo sexuais. No entanto, que estas fiquem longe da Igreja, principalmente quando se opuserem completamente ao que nos ensina o Magistério, a Tradição e a Escritura.

Jesus diz (São Mateus 22,21) que devemos separar o que é de César do que é de Deus! Ninguém tem o direito de subverter a Fé em nome de suas ideologias, nem à esquerda e nem à Direita.

Rogo a Deus para que Ele conduza a nossa Igreja onde não haja mais esse tipo de conduta, seja oriunda do laicato ou do clero.

Quanto a mim, aviso logo: Se algum dia eu presenciar algo semelhante, não restará serragem sob serragem.



Por Leonardo Dias,
Católico Apostólico Romano;
Pai de três filhos, empresário e ex-catequista;
Liderou a resistência contra a Ideologia de Gênero no Estado de Alagoas.
facebook.com/leo.fdias
leo.fdias1979@gmail.com
WhatsApp: 82 98881-1234   

Um comentário:

  1. Não tem nenhuma autoridade da Igreja Católica no Brasil para repudiar tal ato e levar este caso para o Vaticano? Se eu estivesse lá eu não pensaria duas vezes em destruir qualquer mensagem diferente da Fé Católica e ainda impediria a passagem do Corpo de Cristo caso boa parte do tapete estivesse assim. Eu poderia ser preso, mas estaria sendo Católico de verdade sendo contra essa falta de respeito ao Corpo de Cristo.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.