Pastorinhos Jacinta e Francisco serão canonizados no centenário de Fátima



Por Reuters
 
O papa Francisco vai canonizar os dois pastorinhos Jacinta e Francisco durante a sua visita a Fátima, a 13 de Maio, noticiou hoje a Rádio Renascença.

O anúncio foi feito pelo papa no Consistório, reunião formal de cardeais, no Palácio Apostólico do Vaticano, em que foram fixadas as datas para a cerimónia de canonização de 37 futuros santos, entre eles Jacinta e Francisco. "O Santuário de Fátima volta assim a ser o palco de uma cerimónia no processo de canonização de Francisco e Jacinta, depois de, a 13 de maio de 2010, João Paulo II ter presidido ali à beatificação dos dois videntes", refere o santuário, em comunicado.

Francisco e Jacinta faleceram ainda crianças, pouco depois de, com a sua prima Lúcia de Jesus (1907-2005), terem estado na origem do fenómeno de Fátima, entre maio e outubro de 1917. Oriundos de uma "humilde família" de Aljustrel (na paróquia de Fátima, concelho de Ourém), no seio da qual "aprenderam a doutrina cristã", as duas crianças começaram a pastorear o rebanho dos pais em 1916, atividade no âmbito da qual vieram a assistir às "aparições" de um anjo, nesse ano, e da Virgem Maria, no ano seguinte. Francisco e Jacinta morreram ainda crianças, vítimas de pneumonia e as canonizações de crianças, segundo a RR, são raras na Igreja Católica.

Esta canonização fará de Jacinta Marto a mais nova santa não-mártir da Igreja, com apenas nove anos. A canonização de Francisco e Jacinta, beatificados pelo papa João Paulo II, em Fátima, a 13 de Maio de 2000, estava dependente do reconhecimento de um milagre, a cura de uma criança brasileira, em 2013, o que aconteceu a 23 de março.

No dia em que se soube da notícia da aprovação por Jorge Bergoglio do milagre atribuído a Jacinta e Francisco, o cardeal patriarca de Lisboa, Manuel Clemente, confessou-se "muito feliz" com a notícia.

O papa visita Fátima a 12 e 13 de maio para o centenário das "aparições", em 1917. A cerimónia de canonização está prevista 13 de maio, durante a missa, no recinto do santuário.

Centenário atinge "esplendor" com canonização

O Centenário das Aparições atinge "todo o seu esplendor" com a canonização dos beatos Francisco e Jacinta Marto, defendeu o bispo de Leiria-Fátima, António Marto, em reação à anunciada data em que serão canonizados os pastorinhos.

Numa declaração divulgada através de um vídeo distribuído pelo Santuário de Fátima, António Marto disse ainda ter recebido a notícia com "indizível alegria".

"É com indizível alegria que acabamos de receber a notícia de que a canonização dos beatos Francisco e Jacinta Marto será em Fátima, sob a presidência do Santo Padre, precisamente na data da primeira aparição em que os pastorinhos viram a Linda Senhora revestida de luz", disse.

António Marto acrescentou que "com a peregrinação do Santo Padre e com a canonização dos pastorinhos em simultâneo, pode-se dizer que o centenário atinge todo o seu esplendor".

"Queria sublinhar, em segundo lugar, que este acontecimento é um grande dom para a nossa diocese de Leiria-Fátima, de onde são originais os pastorinhos, para o santuário de Fátima, para a Igreja em Portugal e para a igreja Universal", disse também.

O bispo de Leiria-Fátima deixou ainda "uma palavra para todos aqueles que reconhecem nos pastorinhos um exemplo luminoso de um caminho de santidade através do Coração Imaculado de Maria que os conduz até Deus".

"Podemos dizer, como o saudoso padre Condor, que a santidade dos pastorinhos é um dos frutos mais belos da mensagem de Fátima. Convidava todos a deixar ecoar esta alegria no íntimo do seu coração, com o hino dos pastorinhos: Cantemos alegres a uma só voz, Francisco e Jacinta, rogai por nós".

Sinos em Fátima tocaram a repique

Os sinos do santuário de Fátima tocaram a repique cerca das 09:40, minutos depois de o papa Francisco ter anunciado ao consistório, em Roma, a canonização de Jacinta e Francisco, a 13 de maio, na Cova da Iria.

Fonte do santuário disse à agência Lusa que os sinos tocaram "mal se soube da notícia".
O reitor do santuário, padre Carlos Cabecinhas, vai anunciar a notícia no santuário, rezar uma missa na Capelinha das Aparições e fará uma oração de ação de graças.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.