Canonização dos pastorinhos de Fátima: os irmãos Francisco e Jacinta Marto

Neste dia 13 de maio de 2017, dia de Nossa Senhora de Fátima e centenário da sua aparição nessa cidade de Portugal, o Papa Francisco irá canonizar dois dos três pastorinhos que estiveram presentes na aparição da Cova da Iria. 

Imagens oficiais de Francisco e Jacinta Marto- Divulgação: Santuário de Fátima

Lúcia de Jesus Santos, que faleceu aos 95 anos, está com o processo de beatificação aberto desde 2008, apenas três anos após sua morte, em 2005. Já Francisco Marto e Jacinta Marto, serão promovidos a Santos no próximo sábado, 13, dia de Nossa Senhora de Fátima.

Beatificados pelo Papa João Paulo II -também Santo- no dia 13 de maio de 2000, os irmãos Francisco e Jacinta faleceram em 1919 e 1920, aos 10 e 09 anos, respectivamente.  A serva de Deus irmã Lúcia via e dialogava com Nossa Senhora de Fátima. Francisco apenas via e não ouvia os diálogos. Jacinta via e ouvia, mas não conversou com a Virgem Imaculada. Foi dessa forma, que na Cova da Iria, localizada na fazenda dos pais de Lúcia, por seis meses consecutivos - exceto no mês de agosto- a partir do dia 13 de maio de 1917, os pastorinhos se encontraram com Nossa Senhora e receberam dela inúmeras orientações.

De acordo com o testemunho e os escritos da serva de Deus Irmã Lúcia, em suas aparições, desde as aparições do Anjo, em 1916, Nossa Senhora exalta a necessidade de amor, oração e penitência, a fim de que os pecadores se convertam, salvem-se e sejam, por conseguinte, privados do inferno. Ela deixa claro, também, sua preferência pela oração do rosário e do terço, que meditam os mistérios de nossa fé, bem como relembra a insaciável importância da confissão e da Sagrada Comunhão para a salvação e santificação das almas.

Assim, Jacinta e Francisco, tornar-se-ão os santos não-martíres mais jovens da Igreja Católica, exaltados pelo emérito Papa Bento XVI por “suas vidas de doação a Deus e uma partilha com os outros por amor de Deus”. O que é comprovado em suas intensas orações, mortificações e jejuns, descritos por Irmã Lúcia, atitudes essas contribuintes para suas mortes causadas por epidemia de pneumônica na Europa, por conseguinte da Primeira Guerra Mundial. Na condição de Papa, Bento XVI ainda acrescentou: “Nossa Senhora ajudou-os a abrir o coração à universalidade do amor. De modo particular, a beata Jacinta mostrava-se incansável na partilha com os pobres e no sacrifício pela conversão dos pecadores. Só com este amor de fraternidade e partilha, construiremos a civilização do Amor e da Paz.

O milagre responsável pela elevação dos dois pastorinhos -Beatos- a Santos (aprovado pelo Papa Francisco no dia 23 de março) ocorreu no Brasil, quando, em março de 2013, por intercessão de Jacinta e Francisco, o menino Lucas, de 05 anos, foi salvo milagrosamente de um Traumatismo Craniano com perda de tecido cerebral no lóbulo frontal esquerdo, que sofreu após cair de uma altura de 6,5m, enquanto brincava com sua irmã. Portanto, sendo comprovado o milagre, sem explicação pela ciência e por meio da cura total da criança, a canonização foi confirmada e ambos serão dignos de veneração pública e universal.

Assim, impelidos pelo Centenário das aparições de Nossa Senhora, em Fátima, e enriquecidos pela intercessão de, logo mais, São Francisco Marto e Santa Jacinta Marto, busquemos obedecer ao que a Virgem Maria tanto nos recomendou e ao que, exemplarmente e santamente, essas crianças realizaram durante sua passagem pela terra: oração, penitência, mortificação e amor.

Rezemos a Oração de Nossa Senhora de Fátima:


Santíssima Virgem,
que nos montes de Fátima
vos dignastes revelar a três pastorinhos
os tesouros de graças
contidos na prática do vosso santo Rosário,
incuti profundamente em nossa alma
o apreço em que devemos ter esta devoção,
a vós tão querida,
a fim de que, meditando os mistérios da Redenção,
que neles se comemoram,
nos aproveitemos de seus preciosos frutos
e alcancemos a graça (faça aqui o seu pedido)
que vos pedimos,
se for para a glória de Deus
e proveito de nossas almas.
Assim seja.
Pai-nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai.

Referências: 
  1. Papa Bento XVI, Homilia do dia 13 de maio de 2010, na Esplanada do Santuário de Fátima.
  2. G1, Testemunho de João Batista, pai da criança curada milagrosamente pelos pastorinhos.
  3. Canção Nova Notícias


Gleice Kelly
18 anos, Católica, batizada, crismada, catequista e integrante do Movimento TLC- Diocese de Palmeira dos Índios/AL;
Estudante de Ciências Farmacêuticas- UFAL.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.