Nota de esclarecimento e apoio ao candidato Jair Bolsonaro

NOTA OFICIAL 


Paz e Bem,

O nosso país se encontra num dos momentos mais importantes da história: O período eleitoral, que determinará o futuro da nação. Este ano, o povo decidirá os seus representantes: deputados estaduais e federais, senadores, governador e presidente, e diante deste fato importantíssimo no processo democrático do Brasil, o Católico Arretado, como um movimento de jovens de todo Brasil que professam a fé católica e a propagam pelas redes sociais, sempre considerando a Palavra de Deus, o Sagrado Magistério e a Tradição Apostólica, vem por meio desta nota conscientizar os seus seguidores e os demais que a ela tiverem acesso.

Deixe-se claro que, o Católico Arretado não é um grupo, movimento ou pastoral da Igreja Católica, porém, é composto por jovens católicos que fazem parte dos mais variados seguimentos da Santa Mãe Igreja, fiéis à sua doutrina, e que, por ser composto apenas por leigos, possui o direito de se manifestar politicamente e apresentar sugestões, como forma de elevada caridade, sobre os diversos assuntos da fé e da moral, inclusive, no processo eleitoral.

Esta nota fundamenta-se, como já fora dito, nos pilares da fé católica, bem como, na consciência de seus membros, e deve contribuir para que os seguidores das redes sociais do Católico Arretado formem a sua opinião política de forma sadia e sem enganos. 
Nesse diapasão, percebe-se que a liberdade religiosa e de pensamento, no Brasil, tem sido ameaçada por ideologias contrárias à fé, bem como a vida, desde a sua concepção, a família, pilar da sociedade e a moral, que é construída pelo povo e perpassa as gerações, contribuindo para solidificar os valores históricos e culturais da sociedade.

Doutra banda, percebe-se um aparelhamento estatal por essas mesmas ideologias que ferem e perseguem a doutrina cristã e a liberdade religiosa, como o socialismo e comunismo, que tem Deus e a Igreja por seus principais inimigos, a fim de que se conquistem os ideais de igualdade social, implantando um “céu” na terra por meio da luta de classes, dividindo a sociedade e voltando negros contra brancos, pobres contra ricos, homossexuais contra heterossexuais, dentre outros. 

Sobre este aparelhamento estatal, observa-se a doutrinação marxista nas escolas e universidades públicas, as quais deveriam formar intelectuais e profissionais aptos ao mercado de trabalho e à produção de conteúdo científico útil, porém, atualmente, tem formado militantes de ideologias socialistas, feministas, de gênero, dentre tantas outras que tentam assolar a fé cristã.

O povo brasileiro tem visto a Suprema Corte do país exercer funções que não são de sua competência, como por exemplo, legislar sobre o direito penal, a fim de descriminalizar o aborto em nosso país, enquanto os legisladores de direito, tentam criar leis injustas, contra a vida, contra a dignidade humana, contra a própria população por eles representada.
 A Igreja Católica, em seu Decretum Contra Communismum proíbe todos os católicos de se associarem, propagarem ou difundirem a ideologia comunista e seus partidos, punindo-os com a pena de excomunhão automática, ficando estes impedidos de receber os sacramentos da Igreja.

Dentre esses partidos que propagam os ideais comunistas, estão o PT, de Fernando Haddad e o PC do B, de Manuela Dávila; o PSol, de Guilherme Boulos, e o PV, do vice de Marina Silva, bem como, o PSTU, o PCB, o PCO e o PSB.

Pelos motivos citados acima, e demais motivos que não foram elencados nesta nota, o Católico Arretado Sistema de Comunicação manifesta o seu apoio ao candidato à presidência da República Jair Messias Bolsonaro e motiva a todos os seus seguidores a aderirem a essa escolha, que foi pautada, repete-se, na Palavra de Deus, no Sagrado Magistério e na Tradição Apostólica, bem como, na consciência de seus membros.

O papa Francisco, num de seus pronunciamentos, afirmou que é dever de todo cristão leigo envolver-se na política, pois trata-se de um ato de nobreza em favor daqueles que mais precisam, os mais pobres e esquecidos, inclusive, daqueles que ainda não nasceram e têm, no Brasil, a sua vida ameaçada. Por esse motivo, nos engajaremos, pelo bem do povo brasileiro, em apoiar todos os atos de sua campanha e propagar as suas propostas, pelo bem da fé, da moral e da família brasileira, que estão ameaçados. 

Por fim, respeitamos o posicionamento contrário dos seguidores e demais eleitores, mas pedimos que cada um escolha o seu candidato movido pela sua consciência, que deve estar embasada na Doutrina da Santa Mãe Igreja Católica. Certos de que fazemos o que é correto aos olhos de Deus, proclamamos, junto a Santa Bernadete Soubirous a sua célebre frase: “Nossa tarefa é informar, não convencer”.

Deus vos guarde e que a Virgem Santíssima os ilumine! 

Deus acima de todos. Brasil acima de tudo! 

Brasil, 01 de outubro de 2018.


Natan da Silva Moreira 
Gleice Kelly R. S. Santos
(Diretoria Geral)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.